Tutorial Hybrid – Conversor de vídeos gratuito para Windows, Linux e MacOS

Bem pessoal, há algum tempo que não posto nenhum tutorial, eis o novo, Hybrid é um conversos de vídeo para Windows, Linux e MacOS, é uma interface gráfica para diversas ferramentas de linha de comando, abre praticamente qualquer formato de arquivo, desde que suportado pelo FFMPEG, que suporta quase tudo, mas há de atentarem que nem todos os recursos estão disponíveis para todos os sistemas, eu somente vou tratar do Windows aqui, mas creio que as funções derivadas do Avinsinth só funcione no Windows, talvez no linux se você configurar o Wine, bem Vamos lá:

Requisitos:

Hybrid (http://www.selur.de)

O programa, o instalador completo, baixe e instale, no caso do tutorial, a versão usada será a “Hybrid_2017.1.7.1_SETUP.exe”

Nero AAC (http://www.videohelp.com/software/Nero-AAC-Codec)

O Hybrid já vem com dois encoders AAC, mas você pode usar Nero AAC, basta baixa-lo no site acima, extrair o arquivo compactado e copiar o arquivo neroaacenc.exe (algo assim) para a raiz da pasta do Hybrid, que a opção estará disponível na interface do programa.

Vale ressaltar que esse tutorial foi realizado no Windows 10 x64.

Tutorial:

Vamos instalar, o hybrid é um programa gratuito e sem nenhuma tranqueira, pode instalar tranquilo, só cuidado de onde baixa, acima está o site oficial, existem sites por aí que tem a mania de colocar tranqueiras nos programas dos outros, o Hybrid oficial não tem dessas, veja as prints da instalação logo abaixo, bastar o usar o “next”, “agree” e “finish” quando requisitado:

explorer_2017-01-19_15-16-41

2017-01-19_15-17-01

2017-01-19_15-17-10

2017-01-19_15-17-20

hybrid_2017-1-7-1_setup_2017-01-19_15-17-28

hybrid_2017-1-7-1_setup_2017-01-19_15-17-41

Enquanto instala, você pode aproveitar e copiar o NeroAacEnc.exe para pasta raiz do programa.

explorer_2017-01-19_15-18-33

hybrid_2017-1-7-1_setup_2017-01-19_15-18-58

hybrid_2017-1-7-1_setup_2017-01-19_15-19-03

Finalmente clique em “Finish” para concluir a instalação e vamos à execução clicando no ícone do programa na Área de Trabalho:

2017-01-19_15-19-17

Ao clicar nele, o programa irá fazer alguns serviços que só faz na primeira abertura, como fazer o cache das fontes que tem no sistema operacional e checar se todas as ferramentas estão onde deviam, veja a splash screen do programa,

hybrid_2017-01-19_15-19-37

Abaixo temos a tela inicial do programa, e o programa tem muitas, mas muitas opções, só vou abordar básico do básico aqui, no primeiro destaque em vermelho, você clicando no ícone ao lado dela, você abre que arquivo você quer converter no Hybrid, você pode abrir mais de uma vez, selecionados mais arquivos, no entanto todos os arquivos irão usar as mesmas configurações, fique atento à isso.

No seguinte destaque, temos as opções Tabs que liga as opções de usar TaggingSubtitle (legendas) no arquivo, claro se o arquivo tiver alguma legenda externa ou softsub (legenda dentro do arquivo de vídeo, mas não colada no vídeo) é recomendável usar essa opção.

Já os últimos destaque servem para escolher onde você quer salvar o arquivo, lembre-se, você tem adicionar a extensão também no Hybrid, se você colocar sem a extensão, o Hybrid, se usadas as configurações padrões, salvará em mp4, no ícone do homem junto com um sinal de mais, você põe a conversão para funcionar na hora, se escolher só onde tem um ícone de uma pastinha com sinal de mais.

hybrid_2017-01-19_15-19-49

Em Video Handling você tem a opção de escolher que encoder você que usar, os formatos que o Hybrid usam são praticamente o Mpeg4-ASP (Xvid), MPEG4-AVC/H264 (x264, QSVEnc, NVenc) e o MPEG4-HEVC/H265 (x265, kvazaar, divX265) os demais são formatos Lossless (FFV1, FFVHUFF) ou de menor importância (VPX, ProRes), para os fins desse tutorial usaremos o x264.

hybrid_2017-01-19_15-20-23

Quanto ao áudio, as coisas são um pouco diferentes, aqui você escolhe que faixa de áudio você quer usar, Ignore o arquivo criado irá ficar sem áudio, Custom você pode selecionar um formato, Auto ADD (First) irá adicionar a primeira faixa que encontra (e só ela), Auto ADD (ALL) irá processar todas as faixas de áudio que encontrar, se houver mais de uma é claro e finalmente, Passthrought all que simplesmente só copia o áudio original para o arquivo de destino, sem nenhum conversão no áudio.

hybrid_2017-01-19_15-20-32

Bem, deixando a opção x264 em Video Handling temos a aba no qual você pode configurar o respectivo codec, as opções são muitas complexas, eu mesmo pouco sei, as opções mais interessantes para leigos, é Encoding Mode, no qual eu recomendo você usar a opção padrão (a que está na figura abaixo) caso você queira converter o arquivo com boa qualidade e com tamanho certo, ativando a opção Target Size (MiB) você pode colocar o tamanho que deseja para o arquivo, a outra opção, caso esteja mais preocupado com a celeridade, é usar o CRF,  nesse caso você poderá colocar um valor de 1 à 51 para conversão, esse método se assemelha com o segundo passo do método anterior, mas sem fazer o primeiro passo, ele não pode estimar com a mesma precisão o tamanho do arquivo, nesse caso, quanto menor o valor, maior a qualidade do arquivo, quanto maior o valor, menor a qualidade, mas é mais veloz e o arquivo pode ter um tamanho maior também, segundo eu li em alguns lugares por ai, valor menor de 18 não é recomendável.

Lá embaixo, você pode salvar o perfil de uma configuração para usar no futuro, clicando no ícone com sinal de +, e clicando no ícone da setinha para aplicar o perfil, ao invés de configurar tudo de novo.

hybrid_2017-01-19_15-20-57

Abaixo vemos outras printsscreens com as opções:

hybrid_2017-01-19_15-21-06

hybrid_2017-01-19_15-21-11

hybrid_2017-01-19_15-21-15

Marcando a opção Advanced, irá aparecer ainda mais opções, vejamos:

hybrid_2017-01-19_15-21-25

hybrid_2017-01-19_15-21-29

hybrid_2017-01-19_15-21-33hybrid_2017-01-19_15-21-36hybrid_2017-01-19_15-21-41hybrid_2017-01-19_15-21-46

Agora, na aba Crop/Resize e na sub-aba Main, temos a opção de cortar a imagem (com isso tirar as bordas pretas por exemplo),  Resize que como próprio nome indica, redimensiona a resolução do vídeo, já a opção Letterbox adiciona as bordas pretas encima e embaixo do vídeo, se necessário.

hybrid_2017-01-19_15-22-18

Em Misc, ainda na mesma aba temmos mais essas opções:

hybrid_2017-01-19_15-22-44

Em Filtering, sub-aba (De-)Interlace/Telecine, nunca usei essas opções, normalmente ouvi falar que elas são usadas na ripagem de discos (DVDS/BDS)

hybrid_2017-01-19_15-22-50

Abaixo, as opções usando o avisynth, na aba Color, temos as opções relacionadas as cores

hybrid_2017-01-19_15-22-58

Aqui, na sub-aba Custom você pode escrever ou carregar um script personalizado do avisynth

hybrid_2017-01-19_15-23-10

Abaixo vou colar todas as demais opções, DeNoise são filtros que melhoram as imagens, só usem se a fonte do arquivo convertido for ruim, DeNoise você pode associar a uma opção que tem em diversas tvs, chamadas “Redutor de Ruídos), em Frame, as opções caso você queira lidar, mudar o frame-rate do arquivo e Grain é uma opção mais leve do DeNoise, vale lembrar, que o uso de filtros, quanto mais poderosos ou recursos eles tiverem, mais eles irão impactar na velocidade da conversão.

hybrid_2017-01-19_15-23-14

hybrid_2017-01-19_15-23-18

hybrid_2017-01-19_15-23-22

hybrid_2017-01-19_15-23-35

hybrid_2017-01-19_15-23-43

hybrid_2017-01-19_15-23-49

Aqui em Misc caso encontre algum problema na conversão de arquivos, que não convertam direito, você pode fazer tentativas ativando algumas opções, como Use L-Smash for mp4 input no caso de arquivos mp4 problemáticos, a opção logo abaixo para os casos de avi, além das duas seguintes que servem para qualquer formato, Prefer FFMPEGSOURCE LibavVideoSource insteado of Ffmpegsource.

hybrid_2017-01-19_15-23-56

Aqui, tem a opção interessante Logo que como o próprio nome indica, serve para colocar logo nos vídeos criados.

hybrid_2017-01-19_15-24-02

hybrid_2017-01-19_15-24-09

Aqui na aba Filtering, voltamos aos filtros comuns a todos os sistemas operacionais, alguns que também estão no Avisynth pode ter seus equivalentes aqui.

hybrid_2017-01-19_15-24-17

hybrid_2017-01-19_15-24-22

hybrid_2017-01-19_15-24-27

Aqui na aba Legendas, o programa deve carregar automaticamente as legendas que eram softsub no arquivo original. Se quiser adicionar uma, clique no destaque tem à esquerda e selecione o arquivo de legenda, no destaque a direito você todas as legendas que irão para o arquivo, vale lembrar que em casos de conversão de múltiplos arquivos numa só seleção, cada linha na Subtitle Queue normalmente se refere um arquivo.

hybrid_2017-01-19_15-24-47

hybrid_2017-01-19_15-24-52

A aba Audio funciona de certa forma, como a de legendas, ela deve carregar automaticamente o áudio original ( ou os áudios), você pode ajustar um atraso do áudio se necessário em A/V Delay, em Audio Source você pode selecionar e adicionar outras faixas, de forma similar ao que ocorre na aba Subtitles. Em Audio Enconding Options você pode escolher o codec de áudio usado, caso queira converter o áudio da fonte e adiciona-las na fila à direita.

hybrid_2017-01-19_15-24-58

hybrid_2017-01-19_15-25-11

Bem, na aba Chapters,  você pode adicionar os capítulos, que servem como marcadores/favoritos no vídeo, estou certo que essa opção serve para mkv, mas não tão certo se serve para mp4.

hybrid_2017-01-19_15-25-18

Agora vamos as abas da opção Config, em Automation, aqui a opções mais interessantes é Passthrought streams, ativando a opção Subtitle, assim você garante que as legendas do arquivo fonte vão para o arquivo de destino, marque a opção embed fisrt caso queira colar as legendas na imagem do vídeo. Lembrando, que no caso das configurações gerais (as sub-abas dessa) recomendo você salvar usando a opção que fica na extrema direita inferior.

hybrid_2017-01-19_15-25-29

hybrid_2017-01-19_15-25-35

Aqui na sub-aba Input, de forma similar a que tem na aba do Avisynth, a opção Prefer FFMpeg pode ser útil, caso algum arquivo esteja tendo problema, bem como quando o problema for na extração de um arquivo fonte, você pode ativar a função Stream extraction with ffmpeg, isso porque o hybrid “desmonta” o arquivo fonte para depois “montar” no destino, por exemplo, a faixa de vídeo é separada das demais e convertida, o mesmo ocorre com as faixas de vídeos, depois o programa “junta/muxa” elas novamente.

hybrid_2017-01-19_15-25-41

Em InternalsCut Support aqui ativa a opção fica na primeira aba, na qual você você pode editar que trecho do arquivo vai ser convertido e salvo no destino, vale lembrar que você só pode escolher só um trecho, outra opção é a Always use Avisynth que serve para que o Hybrid sempre use o avisynth para abrir os arquivos (o Hybrid por padrão, só o faz quando você ativa algum filtro avisynth).

hybrid_2017-01-19_15-25-48

Em Output,  Container Settings, em Standard output container você pode escolher o formato padrão, lembrando que o Hybrid salva no formato aqui definido quando você não coloca a extensão no nome do arquivo de destino, e você pode dividir o arquivo usando a opção File splitting,  no qual você pode dividir o arquivo em tamanho em MiB:

hybrid_2017-01-19_15-26-06

hybrid_2017-01-19_15-26-11

Aqui para opção de nomeação do arquivo de destino

hybrid_2017-01-19_15-26-22

Aqui de criar miniaturas.

hybrid_2017-01-19_15-26-27

Aqui tags mkv

hybrid_2017-01-19_15-26-32

Aqui você define as pastas onde os arquivos intermediários/temporários em Default output path,  e a pasta de destino do arquivo final é Default output path

hybrid_2017-01-19_15-26-38

Aqui você pode salvar e/ou carregar os perfis.

hybrid_2017-01-19_15-26-46

Aqui você personalizar a localização das ferramentas de linha de comando, caso você não queira colocar o NeroAacEnc.exe na pasta raiz do Hybrid, você pode colocar em outro lugar e indicar aqui.

hybrid_2017-01-19_15-26-54

Aqui você vê a lista de arquivos para conversão, podendo iniciar com o primeiro ícone da esquerda pra direita, o segundo pausa a conversão e as demais opções vc pode observar as tooltips ao passar o ponteiro do mouse sob eles.

hybrid_2017-01-19_15-26-58

Aqui umas opções extras, eu gosto da Delete jobs when finished, que apagar as tarefas concluídas.

hybrid_2017-01-19_15-27-02

Log, você verá o registro das conversões:

hybrid_2017-01-19_15-27-08

Anúncios
Esse post foi publicado em 32 Bits, 64 Bits, Conversão, Download, Geral, Software, Tutorial, x64, x86 e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s